quinta-feira, 11 de agosto de 2011

1º Acampamento Distrital de Lobinhos


Aconteceu no último final de semana (06-07/08) em Campo Alegre, o 1º Acampamento Distrital de Lobinhos, que contou com a participação dos Grupos Escoteiros Arnaldo de Almeida Oliveira (Rio Negrinho), Jacoritaba (Jaraguá do Sul) e Campestre de Campo Alegre. Entre membros, chefia e voluntários, aproximadamente 60 pessoas participaram do evento.
Seguindo o tema “Conta e faz de conta”, diversas atividades foram preparadas com o intuito de que, através de contos e histórias infantis, os lobinhos pudessem se divertir e aprender ao mesmo tempo. No sábado, além da programação normal, a alcatéia foi convidada para visitar a Chácara Richardora, onde puderam observar a criação de ovelhas e apreciar a bela vista do alto da antiga Estrada Imperial D. Francisca. No domingo pela manhã a aventura continuou com a visita a Cascata Paraíso, que se localiza no centro de Campo Alegre e em seguida foi realizado uma caminhada pela cidade a fim de divulgar o movimento escoteiro.
Com o encerramento no período da tarde, os grupos puderam avaliar a atividade levando cada qual, um pouco mais de reflexão e aprendizado para o seu dia a dia.

(Chefe Anízio - GEAAO)

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Distrito Norte na Aventura Sênior Regional 2011

                Aconteceu em Florianópolis, entre os dias 21 e 24 de julho, a ASR - Aventura Sênior Regional 2011. Durante quatro dias seniores e guias de todo o estado de Santa Catarina, além de representantes dos estados vizinhos do Paraná e Rio Grande do Sul, puderam desfrutar de toda a beleza da Ilha da Magia, acompanhados de seus escotistas, em atividades  especialmente concebidas para um grande evento como a ASR.
                O Distrito Norte foi representado pela patrulha Avá, do 15º Grupo Escoteiro Jacoritaba, que foi criada pelos membros juvenis da Tropa Sênior Yawalapití especialmente para o evento.  Compunham a patrulha Avá nesta atividade os seniores Michael (M), Eduardi, George, Bruno e a guia Joyce (SM), todos do Jacoritaba (15/SC), além da guia Sabrina, do Arnaldo de Almeida Oliveira (71/SC), de Rio Negrinho, acompanhados do Chefe Edson (Corupá), também do Jacoritaba.
                A ASR 2011 começou logo cedo para os seniores da Avá. Na quinta feira, ainda antes do sol nascer, eles deixaram a sede do Grupo Escoteiro Jacoritaba em direção ao camping do Rio Vermelho, em Florianópolis, aonde aconteceria a atividade. Alocados no sub-campo Santinho, junto com as patrulhas dos grupos Itaguaçu, Tubarão, Costa Esmeralda, Timbó, Amigo Velho e do Mar Cap. Comte. Hassel, a Avá começou a atividade na tarde da quinta feira com a montagem dos catamarãs, embarcações construídas com madeira, sisal e lona, no camping escoteiro Paulo dos Reis, à 6km do camping do Rio Vermelho, base da ASR. Ao retornar ao campo  no final da tarde, os sub-campos Santinho e Naufragados arrumaram suas mochilas, jantaram e partiram para mais um desafio – A Jornada Noturna.
                Já na Praia do Santinho as patrulhas foram organizadas e, a cada quatro minutos, uma delas saia em jornada em direção ao campo escoteiro Paulo dos Reis, aonde fariam o pernoite. O trajeto a ser cumprido contornava o Costão do Santinho, por uma trilha usada por pescadores de tainha para chegar ao alto do Costão e chegava a praia do Rio Vermelho (3 km), donde eram precisos caminhar 1 km em areia “fofa” e outros 6 km  em uma estrada que margeia a praia. A patrulha Avá fez jus ao estilo Jacoritaba e se doou nessa atividade, na qual os jovens da Yawalapití geralmente tem desempenho superior a média. Após largar da Praia do Santinho as 21h e 35min (10ª patrulha a sair) os Índios Canoeiros ultrapassaram duas patrulhas que iam a sua frente logo no início do Costão, ao fim da faixa de areia da Praia do Santinho, e sacramentou a ultrapassagem da 8ª patrulha consecutiva ainda antes de iniciar a descida do famoso obstáculo e chegar à Praia do Rio Vermelho. Com os pés na areia e desprezando o peso das mochilas sobre os ombros a bandeirola verde-amarela seguiu sendo carregada em alta velocidade pelos 7 km restantes, finalizando a jornada as 00h e 15min da sexta feira, apenas 10min após a primeira patrulha. No campo Paulo dos Reis os jovens montaram sozinhos o seu abrigo de lona (que alojou os sete membros), cearam e descansaram a partir das 01h e 30min, em grato reconhecimento ao grande esforço e dedicação, quando a maior parte das patrulhas ainda não havia chegado.
                Ao amanhecer, novamente mãos a obra. As patrulhas apanharam seus catamarãs e seguiram rumo à Barra da Lagoa, aonde iniciaram a navegação. Por sua eficiência e coordenação em desjejuar, arrumar suas mochilas e desfazer seu abrigo, a Avá foi brindada com a possibilidade de ser a primeira patrulha a se lançar à água. Em virtude do sobrepeso o sênior Bruno acabou sendo embarcado com outra patrulha, que não dispunha de 6 membros juvenis, mas acabou não tendo mais sorte do que a própria Avá que, após completar cerca de 1/3 do trajeto viu sua embarcação submergir em meio a Lagoa da Conceição, assim como aconteceu com a embarcação do Bruno minutos antes, logo após zarpar. De um total de 22 embarcações, apenas três não sucumbiram na sexta feira e finalizaram o trajeto.
                Cansados, a tarde de sexta feira foi livre para todos os náufragos da Santinho e Naufragados, que puderam dormir e repor suas energias para o show de talentos, que ocorreu a noite e precedeu o jogo noturno “Pangea”.
                No sábado pela manhã foi o momento de aprender e praticar com o módulo de manualidades. Enquanto uns aperfeiçoaram suas técnicas de culinária, outros exercitaram seus dons artísticos construindo uma luminária de origami, pintando telas ou ainda fazendo sabão e aprendendo a cultivar bonsais. No período vespertino um momento de intensa interação com a comunidade: O Jogo da Cidade. Durante essa atividade as patrulha puderam aproveitar as tarefas a serem cumpridas para conhecer um pouco mais sobre a história e os pontos turísticos da capital catarinense.
                Ao anoitecer, um momento de sentimentos distintos e misturados. Embora alegres e ansiosos pelo sempre esperado Fogo de Conselhos os participantes sabiam que a Aventura estava acabando e lamentavam. O Fogo de Conselho começou com uma lâmparada no sub-campo e culminou com a Cadeia da Fraternidade que reuniu mais de 300 pessoas em sua celebração (278 seniores, guias e chefes e 66 staffs). Mas, ainda não era tudo e logo em seguida todos foram para a grande festa da ASR com o tema “PIRATAS”. Animada pela Banda Rataplan e pelo Dj Hugo a festa rolou até o início da madrugada de domingo.
                No domingo, ainda antes de encerrar a atividade, todos se reuniram em um grande culto para agradecer pela oportunidade, pelos resultados e pelo bem estar de todos os participantes. Comandou o culto o sempre bem humorado Padre Edgar, que além de sua mensagem de paz, amor e amizade brindou a todos com as canções (quase Hits) “Na Caminhada” e “Você é meu irmão”.
                A Aventura Sênior Regional 2011 foi encerrada as 11h e 00min do domingo, quando todos foram liberados para o almoço e embarcaram de volta para seus lares, cansados, mas alegres e com a certeza do dever cumprido.


   Chefe Edson Weege
   Tropa Sênior Yawalapití
   15º G.E. Jacoritaba - Jaraguá do Sul